FEDERAÇÃO BRASILEIRA DE HOSPEDAGEM E ALIMENTAÇÃO

Brasil e países da América Latina apresentam rede estratégica para atrair investimentos ao turismo

Compartilhe essa publicação:

Estratégia latino-americana de atração de investimentos ao turismo foi apresentada durante seminário no Chile. Crédito/Foto: MTur

Um encontro em Santiago, no Chile, marcou a formalização de uma estratégia conjunta pela Rede Latino-Americana de Governos para a Atração de Investimentos em Turismo.

O evento contou com a participação do secretário nacional de Infraestrutura, Crédito e Investimentos no Turismo do Ministério do Turismo brasileiro, Carlos Henrique Sobral, além de representantes de Chile, Colômbia, México, Peru, Argentina e Uruguai.

A assinatura da Carta ocorreu durante um seminário promovido pelo Grupo Técnico de Turismo da Aliança do Pacífico, que faz parte da Rede.

A estratégia inclui um plano de ação para o período 2024-2025, com iniciativas destinadas a ampliar a coordenação de esforços, identificar oportunidades de negócios sustentáveis em cada país e divulgar linhas de apoio das nações para facilitar a atuação privada na área, contribuindo, desta forma, para a recuperação do setor no pós-pandemia de Covid-19.

Representando o MTur no evento, o secretário Carlos Henrique Sobral destacou o empenho do Brasil para atrair investimentos ao ramo.

“Em parceria com o BID, estamos desenvolvendo ações de capacitação direcionadas aos estados, visando fortalecer suas habilidades em atração de investimentos e gerir o turismo de maneira eficaz e sustentável. Nos utilizamos ainda do Portal de Investimentos em Turismo. Essa plataforma online será uma janela para o mundo, destacando as oportunidades de investimento disponíveis em nosso setor turístico”, citou Sobral.

Criada em 2021, a Rede Latino-Americana de Governos para a Atração de Investimentos em Turismo se propõe a ser uma instância de cooperação e apoio mútuo para o desenvolvimento da temática.

O objetivo é unificar esforços para divulgar o potencial e as oportunidades comuns dos países que a compõem, a fim de se fortalecer investimentos em turismo na América Latina.

O ministro do Turismo, Celso Sabino, avalia que o trabalho da Rede será essencial para captar investimentos a todos os integrantes do grupo.

“Estamos fortemente empenhados em avançar em pontos como a conectividade aérea com outros países sul-americanos e, também, na promoção de nossos destinos. Estas ações vão contribuir para que os investidores tenham uma melhor percepção quanto às diversas chances de atuação não só no Brasil, mas também nos vários destinos do continente”, observa Sabino.

VITRINE – O Portal de Investimentos do MTur, que busca aproximar empreendedores  e o poder público, reúne atualmente 62 projetos em 19 estados, que somam aportes de R$ 26 bilhões e a geração de mais de 118 mil empregos diretos e indiretos (Acesse AQUI).

Disponível em português, inglês e espanhol, a ferramenta colaborativa divulga várias oportunidades de negócios, fomentando investimentos e parcerias público-privadas.

 

Por André Martins

Assessoria de Comunicação do Ministério do Turismo

Fonte: Ministério do Turismo

Scroll to Top